A Música como Ferramenta de Aprendizagem Infantil

9 de outubro de 2018

Para os adultos, a música faz acessar memórias e revisitar experiências. Já para as crianças é como viajar por lugares desconhecidos, cada vez que entram em contato com um novo som e ritmo musical.

Ultrapassando esse mundo mágico que leva encantamento aos ouvidos infantis, a arte musical ainda representa uma oportunidade de aprendizagem aos pequenos, que pode começar no útero materno. Vocês sabiam disso, pai e mãe?

Não é por acaso que existe uma extensa variedade de brinquedos educativos, que fazem barulhos ou tocam cantigas populares e chamam tanto a atenção dos bebezinhos!

Faz algum tempo que especialistas estudam seus benefícios no desenvolvimento infantil. Sabe-se, hoje, que as canções de ninar – entoadas durante o período gestacional – contribuem para gerar bebês mais calmos e estreitam o vínculo entre mãe e filho.

Sabe por que isso acontece? Porque a música é um dos primeiros contatos com a linguagem. Então, mesmo de forma inconsciente, o pequeno grava determinada melodia em sua mente.

A cada dia novas descobertas vêm à luz. Por exemplo: já foi comprovado que o ensino de instrumentos ajuda a desenvolver a área frontal do cérebro, responsável pela fala e linguagem, formação da personalidade, tomada de decisões, habilidades motoras e muito mais.  

Tanto é verdade que muitas escolas incluíram a educação musical em sua grade curricular, percebendo sua contribuição para o desenvolvimento auditivo, cognitivo, sensorial, social, da fala e motor.

Crianças cantando e batendo palmas com a professora

Assim, sem querer, seu filho aprende ao cantarolar os versos das suas canções preferidas. Além de todo aprendizado que ele irá se beneficiar, esse contato ainda oferece a possibilidade de viver momentos muito felizes, assim como diz o ditado “quem canta, seus males espanta”.

  • Contribui no processo de alfabetização

Como as cantigas são compostas de letra e melodia, os pequenos em fase escolar aprimoram a linguagem oral e a compreensão de texto. Ainda ajudam a trabalhar a capacidade de memorização e o raciocínio lógico.

Dessa forma, eles apresentam melhora nas habilidades de leitura e facilidade de conectar palavras com seus sons.

É ótimo também para os bebês que, vão se habituando com o som das palavras, para posteriormente utilizar esse conhecimento na formação oral e escrita das frases.

  • Coordenação motora

Adultos e crianças chacoalham o corpo para acompanhar o ritmo de uma canção. Aliás, impossível é ficar parado, não é?

Basta dar um play e os bebês começam a mexer bracinhos e perninhas, o que ajuda no desenvolvimento da coordenação motora e da consciência corporal, além de estimular o interesse por outras atividades artísticas.  

  • Ouvidos mais atentos                                                                                    

A educação musical também aguça a sensibilidade para ouvir as pessoas ao redor e os ruídos externos.

Inclusive, há estudos que comprovam um aumento da atividade cerebral em regiões associadas com a escuta e a fala.

  • Incentiva a imaginação

As letras levam os pequenos a um universo metafórico que desperta sua imaginação e, consequentemente, a criatividade.

Com o aumento do vocabulário, eles podem se sentir estimulados a escrever suas próprias canções quando estiverem maiores.

  • Componente de socialização     

A música tem o poder de aproximar as pessoas, seja no convívio familiar ou no meio social.

As crianças ficam mais sociáveis por meio da expressão verbal e corporal e, também, se sentem mais confiantes para fazer amigos e participar ativamente na sociedade.

Monte um repertório educativo para seus filhos!

A primeira infância é a melhor fase para introduzir a música na vida da criança. É nessa idade que o cérebro humano está mais receptivo à absorção de conhecimentos.  

Menino tocando violão na praia

Aproveitando todo esse potencial indicamos alguns artistas que apresentam uma seleção educativa e cheia de vivacidade, para que seu filho aproveite toda a riqueza de uma boa experiência musical desde cedo.

Palavra Cantada

Em 1994, a dupla de músicos Sandra Peres e Paulo Tatit fundaram o grupo Palavra Cantada que mistura música, brincadeira e educação. Desde então, lançaram 16 CDs, 11 DVDs e 7 livros.

Como resultado vieram sucessos como Sopa, Rato, Criança não trabalha, Irmãozinho e seis álbuns premiados.

Em seu repertório constam regravações de canções antigas como Alecrim, Caranguejo, O Leãozinho, Peixe vivo, Pombinha  branca e algumas outras.

Arca de Noé – volumes 1 e 2

Os clássicos álbuns do saudoso Vinicius de Moraes continuam encantando gerações com suas composições homenageando os animais.

Entre uma faixa e outra desfilam grandes nomes da MPB como Alceu Valença, Chico Buarque, Clara Nunes, Elis Regina, Fagner, Milton Nascimento, Moraes Moreira, MPB4, Ney Matogrosso, Toquinho etc.    

Além do valor inestimável como obra de arte, Arca de Noé é uma forma de ensinar a seu filho sobre ecologia e consciência ambiental.

Hélio Ziskind

O músico Hélio Ziskind lançou 6 CDs para o público infantil e foi ganhador de 4 prêmios nesta categoria. Suas composições são recheadas de diversão e elementos educativos.

Trabalhou como consultor musical na TV Cultura (SP), onde compôs aberturas de diversos programas, entre eles Glub Glub, Castelo Rá-Tim-Bum, Lá vem história, X-Tudo. Foi pela emissora que se tornou famoso com sucessos como Meu pé, Meu querido pé e mais de 100 canções para o programa infantil Cocoricó.

Linguagem universal que une os povos

Independentemente da língua e da cultura local, a música é universal e causa emoções em seus ouvintes.

Também é um poderoso meio de comunicação para propagar o folclore e os costumes de cada povo. Essa característica permite que as crianças aprendam sobre as diferentes culturas de forma natural e muito divertida.  

Com tudo isso, as cantigas infantis podem ser um ótimo aliado na educação de seu filho. Que tal ampliar o repertório musical da família com as nossas dicas?  

Conte para a gente quais as canções que marcaram sua infância. Vamos adorar saber!

Deixe um comentário