Jogo da Linguagem estimula oralidadade, escrita e leitura

14 de Maio de 2019

Criado pela fonoaudióloga Maria Fernanda Oberling, o Jogo da Linguagem é inicialmente voltado para crianças afim de estimular linguagem, aprendizagem, criatividade e interação social.

O Jogo da Linguagem vem sendo utilizado desde 2017 como ferramenta para crianças serem envolvidas em propostas que estimulem a linguagem.  Qualquer criança pode usar o jogo e ter um bom aproveitamento mesmo sem nenhum quadro de dificuldade presente, estimulando a ampliação de seu repertório e habilidade de comunicação.

A linguagem infantil é um assunto que está cada vez em destaque na atenção de mães, pais, profissionais da educação e da saúde, já que favorece o aprendizado e desenvolve a capacidade de raciocínio.

O desenvolvimento de fala e linguagem estão ligados, mas são processos que se desenvolvem de formas distintas. Com esta percepção e o desejo de que nossas crianças possam ter estímulos fora do consultório e da escola com o auxílio da família, mas de maneira adequada e lúdica , a fonoaudióloga Maria Fernanda Oberling criou o Jogo da Linguagem.

O material também pode ser utilizado em processos terapêuticos com crianças com dificuldades de linguagem, aprendizagem, leitura e escrita. O jogo quando bem direcionado e aplicado, pode ser muito utilizado, inclusive, como processo de intervenção”, revela Oberling, que trouxe sua experiência de mais de 14 anos nos contextos clínicos educacionais e, inclusive, materno.

Na escola também pode ser amplamente utilizado em estratégias, individuais ou em grupos, criando situações em que o aprendizado é garantido na escola.

Portanto, é possível afirmar que, com o uso do jogo da linguagem, durante o processo terapêutico, crianças que são estimuladas fora do ambiente escolar e clinico apresentam melhor aproveitamento tanto na escola quanto na evolução terapêutica.

“A linguagem é uma somatória de significados correspondentes de conhecimento social. O significado de cada palavra será interiorizado pelas experiências do mundo que ela vive. Portanto, a interação social é fundamental para o desenvolvimento da linguagem”, afirma Oberling.

Permita que a criança ouça histórias, fábulas, brinque com jogos, conte a suas histórias, faça relatos do dia, seja auxiliada a organizar seu próprio discurso ou ouvida com atenção. “Precisamos ficar atentos às oportunidades que surgem em momentos comuns de convivência com nossos pequenos. Converse, explique, pergunte, crie, brinque e fantasie. A presença dos pais é indispensável e fundamental para um bom desenvolvimento de linguagem”, indica a fono.

O Jogo da Linguagem é indicado para crianças a partir de 4 anos e, por ter apresentado resultados positivos nos mais diferentes grupos, é uma ótima opção inclusive, para intervenção com idosos.

O lançamento do Jogo da Linguagem será neste sábado, 18 de maio, das 15h às 17h, na Livraria Cultura do Shopping Market Place, em São Paulo.

Maria Fernanda Oberling Porto Pontes é fonoaudióloga Especialista em Linguagem e Psicopedagia, pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada pela Santa Casa de São Paulo. É sócia-Proprietária da Alcance Fonoaudiologia e Psicopedagogia, em São Bernardo do Campo, e mãe do Leonardo, Lucas e Gabriela

Deixe um comentário