Akemi Tokyo, sua nova amiga do Japão

18 de setembro de 2019

Oi, sou a Akemi* e estou muito feliz em conhecer você. Nasci na cidade de Tóquio, capital do Japão, uma das maiores metrópoles do mundo. Sou supercuriosa e, modéstia à parte, uma ótima fotógrafa  não saio de casa sem minha câmera digitalQuando não estou passeando, minha maior diversão é fazer origamis com minha famíliaarte milenar de dobrar papel e dar forma a imagens incríveis. Sou especialista em montar tsurus de papel, que são pássaros muitos especiais para nós, japoneses, pois acreditamos que eles nos trazem sorte. Tenho uma coleção de origamis de tsurus, de todas as cores e tamanhos que você pode imaginar.  

* O nome Akemi também pode ser escrito assim: 明美.  

 

COMO NOS ORGANIZAMOS 
Tóquio é uma das metrópoles mais populosas do mundo: ali vivem mais de 37 milhões de habitantes. Por isso, é muito comum encontrar arranha-céus e pessoas vivendo em moradias pequenas. O Japão é uma monarquia. Ou seja, não temos um presidente, e sim um imperador, que é um símbolo da união do povo, e um primeiro-ministro, que administra nosso país. Para cuidar de uma nação com tanta gente em tão pouco espaço, precisamos ser muito organizados!   

  

AMIGAS DO CORAÇÃO 
Além da turma da escola, tenho muita amiga que vive em outros lugares do mundo. É uma delícia quando elas vêm me visitar! Para simbolizar nossa amizade, cada uma tem um colar com um pingente de coração dividido: são duas partes iguais que se completam quando colocadas uma ao lado da outra. É muito bonitinho! Você acredita que meu grupo de amiga até já sabe falar algumas palavras em japonêsQuando querem cumprimentar alguém com um bom dia, dizem ohayōgozaimasu. Já para desejar feliz aniversário, pronunciam otanjōbi omedetōNo começo, parecia um bicho de sete cabeças, mas aos poucos foram aprendendo!   

 

DIFERENTES FORMAS DE ESCREVER
No Japão, nós usamos três tipos de escrita para nos comunicar: o hiragana (que nos ajuda a entender a pronúncia das palavras), o katakana (com o qual falamos palavras estrangeiras) e o kanji, que são esses símbolos que despertam muita curiosidade em quem não nasceu aqui. Eles se parecem com desenhos, mas são ideogramas e cada um deles tem um significadoEkanji, a palavra amizade se escreve 友情 (yūjō). Já a palavra família se escreve 家族 (kazoku). Não é demais? 

 

 

NOSSA MANIA MAIS DIVERTIDA
Sabe, eu adoro levar minhas amigas estrangeiras para cantar no karaoke, que é um passeio que minha família faz com muita frequência. Nós costumamos promover um concurso para saber quem canta melhor. Tem até premiação! Os adultos (meus pais e os pais das minhas amigas) também participam. A gente mostra todo nosso talento, ri até cair no chão e só vai embora quando não tem mais voz. É bem animado!  

 

ACALMAR O CORAÇÃO E OS PENSAMENTOS
Nas viagens que elas fizeram para cá nos últimos anos, ensinei para meu grupo de amiga do exterior algumas técnicas de meditação. É uma prática oriental que faz as pessoas ficarem mais calmas e mandarem embora os pensamentos que só atrapalham. Elas aprenderam rapidinho! Adoro ir ao templo com meus pais, porque lá, além de meditar, também aprendo mais sobre nossa religião, que é o budismo. O jardim do templo é lindo e cheio de flores bem cuidadas. 

 

MUITO CHIQUE E TRADICIONAL
No mundo todo, bastante gente tem vontade de conhecer o Japão porque nossa cultura é muito rica. É um país que consegue misturar modernidade com tradição. Você sabia que os kimonosesses vestidos que lembram roupões, fazem parte da nossa história? Eles surgiram no século 16, mas até hoje nós costumamos usá-loem nossas festividades e ocasiões especiais. Ficamos muito elegantes, porque essas roupas são feitas em seda, com muitas cores e estampas.  

 

 

TIRE O SAPATO E FIQUE À VONTADE
Nós, japoneses, temos hábitos que são a cara do nosso povoPor exemplo, quando chegamos em casa, nós tiramos os sapatos, os deixamos na porta e colocamos as surippasque são aqueles chinelos quentinhos muito parecidos com pantufas. Costumamos fazer assim porque nossa casa fica com o chão bem limpinho e nós não carregamos para dentro nenhuma energia negativa da rua! Nosso lar fica bem gostoso e cheio de proteção. É nisso que acreditamos.  

 

VIVER BEM PARA VIVER MUITO
No Japão, é comum os idosos viverem muito (não são poucos os que vivem mais de cem anos!) sem desenvolver qualquer doença. Isso porque nos alimentamos muito bem, gostamos de peixe, verdura, arroz e chá. Adoro comer gohan, típico arroz japonês grudadinho, e o misoshiro, que é uma sopa, à base de soja, muito quentinha que leva tofu e cebolinha. Oishisō*. Minhas amigas também curtem muito, mas elas ainda se atrapalham com os hashis, as varetinhas de madeira que usamos como talheres.   

*Tradução: Que delícia! 

 

A CERIMÔNIA DO CHÁ
Meus pais adoram promover a cerimônia do chá na minha casa, pois este é um ritual muito praticado em nossa cultura. Quer saber como acontece? Eles convidam os amigos para tomar chá-verde (matcha) ajoelhados no tatami, usando quimonos e meias brancas. O ambiente é preparado com muito cuidado, com arranjos de flores (ikebana), incensos e gravuras. Para nós, a cerimônia do chá é uma espécie de meditação que busca a harmonia entre os seres.  

  

PRIMAVERA FLORIDA NO JAPÃO
Nós adoramos as cerejeiras e até criamos uma festa só para apreciar suas flores. Chama-se Hanami e acontece entre março e abril, na primavera japonesa, quando as flores desabrocham e enfeitam nossos parques e templos. Fazemos muitos piqueniques ao ar livre, bem pertinho dessas árvores lindas. Costumamos chegar bem cedinho e ficar até o final da tarde para não perder nenhum minuto desse espetáculo e curtir bastante esse momento feliz com família e os amigos.  

 

O JAPÃO É POP
Como eu disse antes, aqui nós conseguimos manter a tradição e somos muito modernos ao mesmo tempo. A cultura pop japonesa é conhecida no mundo inteiro e representada pela nossa paixão pelos games (jogos eletrônicos), mangás (histórias em quadrinhos) e animes (desenhos de animação) típicos do Japão. Nós gostamos de nos vestir dos nossos personagens preferidos e tiramos muitas fotos, costume chamado cosplay. Totemo tanoshīdesu*. 

*Tradução: É muito divertido. 

 

CUIDANDO DO CORPO E DA MENTE
Eu comecei a praticar judô por influência dos meus pais, que sempre me ensinaram os fundamentos das artes marciais. Para nós, japoneses, a luta não é só uma atividade física, mas também desenvolve disciplina, autocontroleharmonia e respeito pelas outras pessoas. Minhas amigas japonesas praticam outros tipos de luta: algumas preferem o karate, outras escolheram o aikido e tem um outro grupo, ainda, que é fã e praticante de jujūtsu (jiu-jítsu). Opção é o que não falta!  

 

O CAMINHO É SEMPRE PARA FRENTE
Desde bem pequena, meus pais sempre me mostraram que nós podemos conquistar tudo o que queremos. Mas nossos desejos só serão realizados com disciplina e muita persistência. Se você encontrar obstáculos no meio do caminho, passe por cima deles, transforme os erros em aprendizados e vá até o fim. Diga sempre: Ganbarimasu*. 

* Tradução: Eu farei o meu melhor.    

 

Confira a linha completa em www.estrela.com.br/meu-mundo

 

 

Deixe um comentário